ALICE

Agência Livre para a Informação, Cidadania e Educação
Festa do Risco e Bier comparecem ao Sarau

O “Risco, Festa das artes gráficas de Porto Alegre” teve pré-lançamento no Sarau Amigos da ALICE, ocorrido no dia 21 de outubro no Amadeus/Bar do Marinho (Rua Otávio Corrêa, 39 – Cidade Baixa). O Sarau também homenageou Augusto Franke Bier, o quinto artista da coleção “Cinco Clássicos”, que reúne obras de cartunistas gaúchos. Outras atrações foram as obras expostas no Bazar dos Arteiros, além de apresentações musicais do Batuque de Cordas- formado pelos violonistas Vinícius Correa e Claudio Veiga – de Cristino Hanssen e Nivaldo José.

Marcado para o período de 21 a 23 de novembro a primeira edição do Risco tem parceria da Alice. Com o objetivo de reunir e divulgar a obra dos artista gráficos, o evento eferecerá oficinas, debates, exposições e lançamentos de publicações, com entrada franca na Casa de Cultura Mario Quintana, Espaço cultural 512, Galeria Espaço Cultural Duque e Amadeus/Bar do Marinho.

Os cartunistas gaúchos terão espaço garantido nesta festa, entre eles Bier, homenageado no último Sarau. Cartunista e jornalista, é natural de Santa Maria da Boca do Monte (RS), mas vive em Porto Alegre, onde atua na assessoria de imprensa do SindBancários. Por duas vezes foi diretor do Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa, editou informativos no interior do RS e tomou parte das redações dos jornais alternativos “O Pasquim” e “Tchê!” Bier tem participação em grande número de coletâneas de humor e vários prêmios em concursos de cartuns no Brasil e no exterior. É criador do personagem de tiras Alemão Blau, surgido no jornal “O interior”, da FECOTRIGO, de quem tem dois livros publicados.

Integrante de uma representação oficial do Brasil durante uma homenagem ao país no Salão de Humor de Knokke-Heist, na Bélgica, em 1998, também atuou como jornalista numa ação pela Alemanha e Suíça, junto às Nações Unidas, em 1995, a serviço da Federação Luterana Mundial. Começou a publicar seus cartuns aos 15 anos de idade, já enfrentando a censura do regime militar.

Além dele, a série “Cinco Clássicos”, já destacou os desenhistas Canini, Moa e Rafael Correa e Edgar Vasques. Ao final de um ano, os trabalhos serão publicados em forma de livro.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.