Nasce em Porto Alegre comunidade “Os Arteiros”

O dia 31 de setembro foi histórico. A presidente eleita Dilma Roussef deixou o Palácio da Alvorada, após ser julgada pelo Senado Federal por um crime de responsabilidade nunca provado. Seu vice Michel Temer assumiu o cargo ao som de protestos duramente reprimidos pelas forças policiais. Em Porto Alegre, choveu e saiu sol. E nesta data nasceu, também, a comunidade “Os arteiros”, um grupo de comunicação manifesta em forma de arte comprometida com uma sociedade mais justa e uma natureza protegida. O grupo assume a realização Bazar dos Arteiros, um dos mais antigos da cidade, existente desde 1998 e adotado pela Agência Livre para Informação, Cidadania e Educação (ALICE) nos últimos três anos. Embora continue ligado à Ong, o Bazar se torna um projeto autogerido por seus próprios expositores, como acontece com todos os projetos da ALICE.

“Os arteiros reúnem artistas plásticos de várias linguagens e gerações, além de artesãos, fotógrafos, músicos, escritores e invencionistas de toda a ordem. Trabalhos premiados internacionalmente convivem com a produção da gurizada recém-chegada, com suas inquietações, questionamentos, materiais inusitados e formas de democratizar o trabalho artístico. No Bazar, são abertos os escaninhos e quebradas as hierarquias de mercado. Os expositores agrupam-se de maneira solidária, tomam decisões e contribuem com os projeto da Alice. Dessa maneira, garantem o direito à arte para todos os cidadãos.

Idealizado pelas jornalistas e artesãs Vera Rotta e Rosina Duarte, a feira teve sua primeira edição em 1998, época em que iniciativa deste tipo eram raras. O primeiro cartaz foi feito pelo super premiado cartunista Santiago.  Desde 2013 edições menores do Bazar passaram a fazer parte do Sarau Amigos da Alice, que acontecem mensalmente. Desde a criação do grupo “Os arteiros”, edições independentes do evento passarão a ser realizadas a cada mês, mas sem abandonar o Sarau.

O próximo Bazar dos Arteiros acontece no dia 24 de setembro no Espaço Via Trastevere (Travessa da Paz 44) das 10 às 18 horas

Expositores já confirmados:

Humor gráfico: Santiago, Moa, Rafael Correa, Edgar Vasques, Uberti,

Artes Plásticas e Gráficas: Lídia Fabrício, Ernani Chaves, Vera Rotta, Amaro Abreu, Augusto Abreu, Daniela Mei

Fotografia: Luiz Abreu, Otávio Teixeira, Eduardo Tavares, Felipe Farias, Douglas Freitas

Música (CD): Batuque de Cordas, Nivaldo José, Maria Lúcia

Artesanato: Nina de Oliveira, Antonio Perra, Silvia Marcuzzo, Anahy Metz, Guillermo Guterres, Rosina Duarte

Literatura: Rafael Guimarãens, Mário Pirata, Luiz Antonio Silva, Guilherme Cassel,  Dois Santos dos Santos, Paulo César Teixeira

Tags:

Nenhum comentário ainda.

Dê sua opinião